Doenças sexualmente transmissiveis

Testes para Doenças Sexualmente Transmissíveis


doencas sex trans

Além da contracepção, é também necessário efectuar testes para detectar doenças sexualmente transmissíveis, para manter a sua saúde sexual.

Os testes de detecção das doenças sexualmente transmissíveis não são agradáveis, mas são necessários para a manutenção da saúde sexual. São usados diferentes testes para diferentes doenças sexuais:

1. Doença sexualmente transmissível: Sífilis
Se a sífilis não for tratada, os nervos podem ser danificados e poderá ocorrer demência ou mesmo morte. É necessário um exame sanguíneo.

2. Doença sexualmente transmissível: VIH
O vírus pode demorar até 10 anos a desenvolver-se totalmente, mas muitas vezes desenvolve-se sem que a pessoa saiba que é portadora.
É necessário efectuar uma análise ao sangue.

3. Doença sexualmente transmissível: Clamídia
É especialmente perigosa para as mulheres, porque pode danificar seriamente os ovários e assim aumenta a probabilidade de ocorrência de uma gravidez ectópica.
É necessário efectuar análises à urina ou exame ginecológico.

4. Doença sexualmente transmissível: Herpes genital
Se afectar um bebé, poderá ocorrer uma infecção potencialmente letal.
É necessário efectuar um exame físico, análises ao sangue ou exame ginecológico.

5. Doença sexualmente transmissível: Gonorreia
 É transmitida através do sangue até às articulações e causa os mesmo sintomas do que a artrite (inchaço, escurecimento, dor nas articulações).
É necessário um exame ginecológico e análises ao sangue.

6. Doença sexualmente transmissível: Hepatite B e C
A hepatite crónica ou aguda pode provocar cirrose do fígado ou cancro do fígado.
É necessário efectuar análises ao sangue.

7. Doença sexualmente transmissível: Vírus do Papiloma Humano - HPV
Pode provocar o aparecimento do cancro do colo do útero.
É necessário efectuar um teste de Papanicolau.

8. Doença sexualmente transmissível: Tricomoníase
Pode provocar parto prematuro ou fazer com que o recém-nascido nasça com peso abaixo do normal.
É necessária a realização de um exame físico e ginecológico.

9. Doença sexualmente transmissível: Doença inflamatória pélvica
Pode danificar permanentemente os órgãos genitais femininos ou desencadear a ocorrência de uma gravidez ectópica.
É necessário efectuar um exame físico e/ou uma ecografia.

10. Doença sexualmente transmissível: Vaginose bacteriana
Pode provocar uma inflamação pélvica ou parto prematuro.
É necessário efectuar um exame físico e testar em laboratório o fluido vaginal.


© Órbitanews 2014